NOVIDADES

IDM e Sema Ceará firmam contrato de para administração do Complexo Ambiental e Gastronômico da Sabiaguaba

O mais novo equipamento da SEMA disporá de um orçamento de mais de R$ 3 milhões para promover o desenvolvimento local sustentável e requalificar a região


A Secretaria de Meio Ambiente do Ceará - SEMA e o Instituto Dragão do Mar - IDM firmam parceria através de contrato de gestão para apoio na administração do Complexo Ambiental e Gastronômico da Sabiaguaba, O Complexo Ambiental e Gastronômico da Sabiaguaba tem como finalidade a promoção do desenvolvimento sustentável local, requalificando a área para as atividades gastronômicas tradicionais e o turismo local e ambiental na Sabiaguaba.

A previsão de início das operações é para julho, nesse ínterim os permissionários participam do Programa de Capacitação em Empreendedorismo e Gastronomia Social, onde são preparados para receber o público e traçar estratégias para expandir seus negócios. Os conteúdos foram organizados em 22 módulos, com carga horária de 194 horas/aula e 204 horas de consultoria, O programa tem como parceiros para a realização dos cursos o Sebrae Ceará e a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco, equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará e também gerido pelo IDM.

O contrato tem vigência de maio de 2022 a abril de 2023 e valor de mais de R$ 3 milhões de reais destinados à ações que tem como finalidade a promoção do desenvolvimento sustentável local, requalificando a área para as atividades gastronômicas tradicionais e o turismo local e ambiental na Sabiaguaba. A participação do IDM nesse processo é resultado da experiência bem sucedida da parceria com a Secretaria na gestão do Complexo Ambiental Mirante do Caldas.

Sobre o Complexo

O Complexo Ambiental e Gastronômico da Sabiaguaba faz parte do Parque Estadual do Cocó e é um equipamento público da SEMA com a participação da comunidade da Sabiaguaba e é fundamentado em três grandes pilares: Polo Gastronômico Tradicional, Polo Cultural Memória e Natureza e Polo de Ecoturismo e Educação Ambiental. Conta com 17 quiosques, platô mirante em harmonia com a paisagem local, pier seco como foyer para os quiosques, píer de atracação para passeios de barco, dentre outras funcionalidades pertinentes ao modelo de atuação. Além disso, o Complexo contará com uma sala especial para as atividades do Polo Cultural, que terá atividades e exposições, a construção de um espaço de valorização da memória e do patrimônio cultural da Sabiaguaba.


Consiste numa iniciativa de estímulo à preservação e conservação ambiental, a educação ambiental e patrimonial, ao turismo cultural, à sustentabilidade e, ainda, ao desenvolvimento econômico.

Acompanhe o Instagram do Complexo da Sabiaguaba